quarta-feira, 5 de outubro de 2011

O estrondear das armas

Ilumine muitas lâmpadas e reúna-se ao redor de sua cama.
Empreste-lhe os seus olhos, o sangue quente e viverá.
Mas a Morte respondeu: Eu o escolho.
Portanto ele se foi e houve silêncio na noite de verão.
Silêncio e segurança, e os véus do sono.
Então, distante, o estrondear das armas.

Um comentário:

Mulher Maravilha disse...

E a chuva da noite de ver'ao se fez presente.. e vai chover 3 meses seguidos pra ele ficar contente.

Uma observacao. Esse mes faz 1 ano de associacao ao Cullum Patorum.. com pequenas e escassas contribuicoes.