quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

E agora Paloma?

E agora Paloma?!
se você gritasse, se você gemesse,
se você dançasse a valsa vienense...
Talvez eu diria novamente,
agora não é José nem Paloma,
mas sim Julieta.
Às vezes sou Teodora,
nos bons dias sou Tereza,
na paz sou Pollyanna,
Já houve dias d'eu ser Capitu.
Quando lembro-me dos dias de Capitu
chego a tremer com os restos de pensamentos
que sempre hão de me acompanhar,
não sei se foram bons, mas ruins tenho que certeza que não foram.
Queria que os sentimentos bons jamais fossem efêmeros.
Queria que a dualidade momentânea
nunca me acompanhasse.
Assim poderia aproveitar de tudo em todos.
Tristes mudanças, e estados de humor que mudam de meia em meia hora.
Estou cansada de tudo isso.
Você tem transtorno bipolar?

2 comentários:

Danielle Araújo disse...

Acredite, não tenho definição p/o que senti ao ler seu texto.

Tamanha eloquência...

Vim aqui só p/ter uma idéia do anda passando por sua mente...

Qd crescer quero escrever tão bem qt vc.=P

Danielle Araújo disse...

Transtorno bipolar tem a sua vó. prr